Hotel barato em boa localização de Curitiba

A hospedagem é um dos principais custos na hora de programar a viagem de férias. Em Curitiba, essa também é uma realidade e se torna um desafio encontrar um hotel bem localizado e, ao mesmo tempo, barato.

Para resolver essa equação, muitas pessoas abrem mão da privacidade e dividem o quarto com estranhos no hostel. É uma boa opção para economizar e tem locais muito bem estruturados, mas não é para todo mundo. Então, se você prefere um quarto só para você, o Hotel Sol é uma dica para ficar bem localizado e pagar pouco em Curitiba.

1 – Localização

O Hotel Sol fica na avenida Sete de Setembro, bem na divisa do centro com o bairro Batel – um dos mais nobres de Curitiba. A região fica perto do miolo central da cidade, mas numa área bem movimentada à noite e onde é possível caminhar sem grilos depois do horário comercial, o que não acontece em outros locais do centro por causa da presença de andarilhos.

Localizado entre dois grandes shoppings, o hotel tem várias opções de alimentação a curta caminhada para o almoço ou jantar. O lugar também é bem servido de transporte público para facilitar locomoção a outras partes da cidade e curtir Curitiba sem problemas. Na porta, tem uma estação tubo que permite embarcar nos ônibus regulares e chegar a diversos pontos turísticos.

Além disso, andando cinco minutos a pé dá para ter acesso à linha especial de turismo que percorre mais de 20 atrações da capital paranaense e ainda ao ônibus executivo que oferece translado até o aeroporto.

2 – Preço e serviços inclusos

As diárias custam a partir de R$ 105 (single) e R$ 140 (double), incluindo wi-fi, estacionamento privativo e café-da-manhã no preço. Falando nisso, o café foi um dos pontos altos da estadia. A comida era simples, mas com opções variadas desde frutas a cereais e bolos. Foi mais do que o suficiente para dar energia a quem ficava o dia inteiro fora do hotel, batendo perna. Ajudou até a economizar em alimentação porque, depois da extravagância pela manhã, eu só sentia fome na hora do jantar.

Este slideshow necessita de JavaScript.

3 – Quartos

Quanto à estrutura do hotel, o prédio é pequeno e simples, mas foi totalmente reformado e o mobiliário renovado recentemente. Então, tudo está novinho e limpo. Os quartos dispõem de TV de tela plana e secador de cabelo. As fotos do site e dos aplicativos de reserva retratam exatamente o que você encontra no local. Para pessoas com dificuldade de locomoção, o negativo pode ser a falta de elevador porque os quartos ficam nos andares superiores.

O banheiro, uma das minhas maiores preocupações na hospedagem, estava em estado excelente e o chuveiro ofereceu um banho quente tão bom quanto em casa, o que foi essencial para quem viajou a Curitiba no período do inverno e ainda pegou dias seguidos de chuva. Também achei a cama e o colchão bastante confortáveis.

A limpeza foi outro ponto positivo. Os lençóis e as toalhas eram novos e sem sinal de manchas ou encardido. O quarto era arrumado diariamente e as toalhas foram trocadas todos os dias, mesmo eu não achando necessário.

No quarto, eu senti falta apenas de um frigobar. Quando me hospedei em 2015 não tinha ar condicionado/aquecedor, mas pelas informações do site já houve um upgrade e o equipamento foi instalado até nas habitações single. Para quem tem sono leve, é bom garantir um quarto nos fundos. Alguns dormitórios são voltados para a avenida e o barulho de trânsito pode incomodar. Não foi um problema para mim porque tenho sono pesado e não escutei nada.

Resumindo, o Hotel Sol ofereceu excelente custo-benefício para a minha viagem solo. Com certeza, ficarei novamente na próxima visita a Curitiba.