Oyster Card: como se locomover em Londres

Usar e abusar do transporte público é a regra essencial para gastar menos durante a viagem a Londres. Por isso, é obrigatório que você conheça e saiba como funciona o oyster card para se locomover na capital da Inglaterra.

Não é exagero. A somatória das corridas de táxi ou uber causa um baita rombo no orçamento de viagem e pode fazer estrago na nossa conta bancária no Brasil. Além disso, o oyster também oferece economia em relação à compra de bilhetes avulsos no transporte público de Londres. Enquanto o preço da passagem avulsa do metrô é £4,50, no cartão o custo cai para £ 2,80.


VEJA TAMBÉM: Onde comer em Londres gastando pouco

E mais: Hospedagem boa e barata em Londres


Então, o melhor para gastar menos libras na viagem é garantir o seu cartão o mais rápido possível depois de desembarcar. Para te ajudar, reuni no texto abaixo as informações sobre como funciona o oyter card, onde comprar e carregar a tarjeta e até o que fazer com ele quando terminar a sua viagem.

O que é o Oyster Card?

Criado em 2003, o Oyster Card é o primeiro sistema de cobrança inteligente de transporte público do mundo. O cartão pode ser utilizado no ônibus, metrô e DLR. O carregamento do saldo é feito conforme as necessidades de cada pessoa.

Antes, existia em Londres apenas o Travelcard, um tíquete de papel que dava direito a viagens ilimitadas no transporte público londrino por um período de validade e zonas. Esse Travelcard era válido para 1, 3, 5 ou 7 dias. Se preferir, você ainda pode comprar o tíquete de papel. Veja os cálculos e decida qual opção é melhor para você.

Quanto custa o Oyster Card?

Para comprar o cartão, é só ir até qualquer estação de metrô e pagar £5. Esse valor é reembolsável caso você queira devolver a tarjeta no final da sua estadia em Londres. Depois é necessário escolher como deseja carregar o Oyster. Os valores variam de acordo com o número de dias e as zonas de transporte inclusas.

Leia Mais:  Calcule quanto dinheiro levar para sua viagem internacional

Como funciona o Oyster Card?

Para utilizar o cartão de transporte coletivo, você pode carregar na modalidade pay-as-you-go (pré-pago) ou com um passe Travelcard. O visitante também pode misturar as duas opções de acordo com as necessidades de deslocamento.

Na modalidade pay as you go, você coloca uma certa quantidade de libras (múltiplos de £5 até £90) e, à medida que usa o transporte, o valor da passagem é descontado deste valor pré-pago. A grande vantagem do cartão é que há um teto diário (“daily cap”) de desconto e poderá fazer quantas viagens desejar sem pagar nada a mais.

A outra opção é carregar o Oyster com passe semanal, mensal ou anual. Neste caso você paga o valor do Travelcard (por exemplo, £35,10 para um travelcard de 7 dias dentro das áreas 1 e 2 de transporte) e pode usar o transporte ilimitadamente durante 7 dias corridos, quantas vezes quiser, em qualquer horário, desde que dentro destas zonas.

Como o cartão é inteligente, além de carregar eletronicamente com um passe para determinado período e determinadas zonas de transporte, o visitante pode também colocar libras extras para pagar a diferença se sair das zonas de metrô escolhidas no passe ou cobrir os dias que ultrapassarem a duração do travelcard. Por exemplo, se tem um 7-day travelcard para as zonas 1 e 2 e quer ir para o aeroporto de Heathrow, que fica na zona 6, você precisará de libras extras para cobrir o trecho entre a zona 2 e a 6. O sistema debitará automaticamente o valor extra devido do saldo de libras do seu cartão Oyster.

Existe também o Visitor Oyster Card, também um cartão inteligente usado para pagamento do transporte público em Londres, mas feito especialmente para o turista. Ele funciona apenas no sistema pay as you go e vem pré-carregado com um determinado valor (£15, £20, £25, £30, £40, ou £50 libras).  Neste caso, não é possível carregar o cartão com o passe Travelcard.

Leia Mais:  Compensa comprar o London Pass? Veja como funciona

É possível comprar o Oyster Card já no aeroporto?

Sim, tanto no aeroporto Heathrow quanto em Gatwick o cartão está disponível. Em Heathrow, a compra pode ser feita na própria estação de metrô do aeroporto. Já em Gatwick, basta ir ao guichê onde são vendidas as passagens de trem até o centro de Londres e solicitar.

Cheguei de trem, onde adquiro meu Oyster Card?

As estações de trem em Londres são sempre conectadas com as linhas de metrô. Então, basta procurar as máquinas de atendimento para emitir o cartão e já carregar conforme a opção escolhida.

Posso dividir o Oyster com outra pessoa?

Não, o oyster não pode ser compartilhado. Cada pessoa precisa ter cartão próprio.

O Oyster Card serve no ônibus e no metrô?

Sim, com o cartão você pode usar metrô, ônibus, DLR, overground e o tram em Londres. Independente de qual seja o veículo, apenas será descontado até o valor do teto diário das zonas em que você circulou.

Fique atento: no metrô, é necessário bater o cartão no botão amarelo posicionado na catraca para entrar e novamente na estação que descer. Esquecer disso pode resultar em cobrança extra! Nos ônibus, basta encostar o cartão na leitora apenas uma vez, sem exigência de repetir antes de descer.

Onde e como recarregar o meu cartão?

Você pode recarregar seu Oyster nos guichês e nas máquinas de todas as estações de metrô, além de lugares como bancas de revistas, supermercados e minimercados. Quando for recarregar o seu cartão, utilize a expressão “top up”, os atendentes dos guichês vão entender rapidinho.

O que fazer se sobrar saldo no oyster no fim da viagem?

Se você tiver algum crédito sobrando no cartão, é possível solicitar o reembolso. O processo é simples e feito nas máquinas das estações de metrô. É só colocar o Oyster na leitora da máquina e selecionar “Oyster Refund”, você segue as instruções que aparecerem na tela e a própria máquina dá o seu dinheiro.

Leia Mais:  Como pesquisar voos low cost?

Gisele Barcelos

Jornalista por profissão e planejadora compulsiva de viagens. A mesma dedicação que tenho para conseguir um furo de reportagem, também uso para pesquisar sobre novos destinos e roteiros. Amo compartilhar dicas para ajudar quem sonha começar uma aventura, mas não tem ideia de como planejar. Estou sempre em busca do próximo embarque, com uma mala tamanho P e uma playlist caprichada no celular.

Um comentário em “Oyster Card: como se locomover em Londres

Tire dúvidas e compartilhe suas experiências de viagem aqui: