Onde se hospedar barato em Londres

Onde se hospedar barato em Londres é a primeira dúvida que surge após a compra das passagens aéreas. Antes que você se descabele ao ler sobre a fama de cara da capital da Inglaterra, deixa te dizer que discordo do falatório sobre a cidade.

Não sei se a história surgiu porque a conversão da libra para o real sempre assusta, mas preciso limpar a barra da capital britânica: existem sim muitas boas acomodações com preços acessíveis para atender a quem está com orçamento apertado. O segredo é apenas saber onde procurar!


VEJA TAMBÉM: Passeios gratuitos e baratos em Londres

E mais: Dicas de restaurantes em Londres para comer por £10 ou menos


Não pense que irei indicar hotéis na região do aeroporto ou em cidades-satélite a quilômetros de distância das principais atrações de Londres. Pelo contrário, dá para se hospedar em lugares bem localizados sem pagar um absurdo.  E não: não estou falando de um dormitório compartilhado de hostel. Essa é realmente a opção mais barata de todas em Londres, porém é possível ter o seu próprio quarto e um banheiro só para você por um preço econômico (na faixa de R$ 250 a R$ 350, considerando o câmbio em agosto de 2019).

Antes de continuar, preciso esclarecer que não tem como se hospedar em um lugar perto de todos os cartões-postais de Londres. O Big Ben e o Palácio de Buckingham ficam na área de Westminster, enquanto a Catedral de St Paul, a Torre de Londres e a Tower Bridge ficam a três quilômetros para leste. Já a estação de Kings Cross está na região norte, longe de ambas. E o bairro de Notting Hill distante de todo o restante.

Como a cidade é gigante, o melhor jeito de explorar as diferentes regiões é escolher um hotel com fácil acesso ao eficiente metrô de Londres. O ideal é ficar no perímetro das zonas 1 e 2 do metrô para reduzir os gastos com deslocamento, pois essa área engloba os principais atrativos turísticos. Então, confira quais são os bairros bem servidos de transporte público e com bons preços para organizar a sua visita à terra da rainha.

 

ONDe se hospedar barato em londres: Earls’s Court/Kensington

Casas georgianas, jardins bem cuidados e bares descontraídos dividem espaço com diversos hotéis e pousadas nessa região,  onde há um importante centro de convenções. A área é atendida com uma estratégica estação de metrô que permite fácil acesso ao centro de Londres e também ao aeroporto de Heathrow.

Além disso, existe um comércio forte na rua da estação Earl’s Court para atender os visitantes. São diversos restaurantes, pubs, comida fast-food, cafés e até supermercados (inclusive, um bom M&S Simply Foods para quem quer comprar comida pronta ou lanches). Há também farmácias, bancos, correios e muito mais.

É possível encontrar acomodação com diárias na faixa de R$ 250 a R$ 350, considerando a cotação atual da libra (agosto/2019). Alguns hoteis econômicos nessa região de Londres são: London Town Hotel, Lord Jim, The Jade, London Visitors, Paramount Hotel, Ravna Gora, Easy Hotel South Kensington e o Coronation Hotel.

hotéis baratos em londres: hammersmith/sheperd’s bush

Com teatros, bares badalados e um enorme shopping center, a região é movimentada e oferece um bom custo-benefício para quem busca hospedagem barata em Londres. A área está cheia de espaços verdes com atividades ao ar livre, além de pequenas lojas locais e também a variedade do centro de compras Westfield.

Em relação ao transporte público, há estações de metrô nas principais ruas para se locomover para o restante de Londres e a região também é atendida por diversas linhas de ônibus.

O bairro é cheio de pousadinhas administradas por empresa Saba,  uma pequena rede holeteira em Londres. Os hotéis foram instalados em prédios residenciais adaptados para suprir a demanda  turística e a maioria oferece café-da-manhã incluso na diária.

Entre as opções estão: o Hotel Saba original e suas “filiais” Golden Hotel, Royal Guest House, Melandre Hotel e Hellenic Hotel com diárias entre R$ 250 e R$ 300. Há ainda o Eurohotel e o Sapphire Hotel na mesma faixa de preço. Para quem puder investir um pouco mais e quiser um opção bem charmosa, dê uma olhada no bonitinho e confortável W12 Rooms (diárias a partir de R$ 300).

hospedagem barata em londres: Bloomsbury/Fitzrovia/Kings Cross

A região mantém seu ar de cidade pequena no centro de Londres, com mercadinhos e padarias espalhados pelas ruas. A área concentra a Universidade de Londres, a biblioteca britânica e outras instituições de ensino importantes.

Conhecido como o bairro de Virgínia Woolf e outros intelectuais, Bloomsbury tem lindos parques, praças e hotéis de estilo Vitoriano. Além disso, fica perto à estação de trem de Kings Cross, de onde parte o trem-bala com destino a Paris.

Entre as opções de hotéis econômicos nesta área estão o Crestfield e o Wardonia. Além disso, a área conta com muitos hostels bem avaliados como unidades da rede YHA, Clink e Generator, que oferecem não apenas camas em dormitórios compartilhados, mas também quartos privativos por preços mais baratos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

onde ficar em londres: Bayswater/paddington

Os bairros de Bayswater e Paddington ficam colados ao Hyde Park, o parque preferido dos londrinos e onde vale a pena relaxar depois de um dia corrido de visitas aos pontos turísticos da capital inglesa. A região é bem servida por várias estações de metrô e ônibus para se conectar com as outras partes da cidade.

Mais do que facilidade para se deslocar, os bairros contam com com mercadinhos independentes, lojas elegantes, cafés e agradáveis praças para aproveitar o dia. Para completar, casas georgianas e praças públicas bem cuidadas garantem bons momentos de descanso.

Bayswater ainda tem o bônus de ficar a uma curta caminhada a pé do charmoso Notting Hill, que abriga a feira em Portobelo Road e já foi cenário de produções holywoodianas. Já de Paddington são poucos minutos a pé até Little Venice, um passeio menos conhecido e super agradável em Londres. Também é possível embarcar e cruzar o Regent’s Canal até Camden Lock.

Entre os hotéis econômicos na área estão o Berjaya Eden Park, o Brunel Hotel, o Central Park Hotel, o Comfort Inn e unidades da rede hoteleira local MStay, que costuma fazer promoções periodicamente. Também há pequenas pousadinhas como Abbey Court Hotel e Gresham Hotel na charmosa Sussex Gardens, mas tenha em mente que as instalações são em prédios antigos e nem todas as hospedagens contam com elevador ou refeitório para café da manhã.

Além disso, a área de Bayswater e Paddington contam com vários flats e studios disponíveis para locação aos viajantes que preferem se sentir como um morador local. Muitos unidades estão disponíveis no Booking, mas também há acomodação no AirBnB com preços em torno de R$ 250. Se ainda não tem cadastro, use o link e ganhe R$ 130 de desconto na primeira reserva!

Este slideshow necessita de JavaScript.

hospedagem com as melhores vistas de Londres: Southbank e Southwark

A região ao Sul do Tâmisa engloba atividades culturais, áreas esportivas e ainda vários marcos da cidade, como pontes, prédios e museus icônicos. Quem decidir se hospedar nessa parte de Londres também vai contar com uma infinidade de pubs e restaurantes, além de vistas panorâmicas da capital inglesa. Outro ponto positivo é que não faltam estações de metrô para se deslocar pela cidade.

Algumas opções hoteleiras ao sul do Tâmisa são, o Belgrave Hotel (que disponibiliza tarifas promocionais regularmente) e também o Accommodation London Bridge. No entanto, a maior oferta nesta área será de apartamentos e lofts, que podem ser reservados via Booking ou AirBnB.

 

ECONOMIA EM BAIRROS DESCOLADOS DE LONDRES: CAMDEN e SHOREDITCH

Camden Town e Shoreditch disputam o título de bairros mais descolados de Londres e concentram acomodações econômicas como guest houses e lofts para atender ao público viajante. As paisagens aqui destoam do tons marfim do restante da cidade e tudo parece meio sujinho, mas pode ser uma boa opção para quem quer mergulhar em uma experiência diferente.

Camden é comumente descrito como o bairro que congrega os indivíduos mais exóticos de Londres, com seus cabelos manchados, piercings em lugares inusitados e tatuagens por todo o corpo. Depois do choque cultural, você vai gostar de circular pelo Camden Market e garimpar as melhores lembrancinhas de viagem para amigos e família.

Já Shoreditch, localizado na região de Whitechapell (sim, aquela conhecida no passado por causa de Jack o Estripador), hoje é um dos bairros mais hipster de Londres. O histórico de crimes foi deixado para trás e agora o local é reconhecido pela arte de rua e point da cultura jovem. Qualquer espaço branco nas ruas rapidamente é tomado por algum mural.  Antigas casas de tijolos à vista deram lugar a galerias de arte, pubs e cafés descolados.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Gisele Barcelos

Jornalista por profissão e planejadora compulsiva de viagens. A mesma dedicação que tenho para conseguir um furo de reportagem, também uso para pesquisar sobre novos destinos e roteiros. Amo compartilhar dicas para ajudar quem sonha começar uma aventura, mas não tem ideia de como planejar. Estou sempre em busca do próximo embarque, com uma mala tamanho P e uma playlist caprichada no celular.

Últimos posts por Gisele Barcelos (exibir todos)

2 comentários em “Onde se hospedar barato em Londres

Compartilhe suas experiências de viagem aqui: